Quero te contar o final


Palavra para hoje

Não conhecíamos a rica história das alianças e promessas de Deus vivida por Israel, nem desconfiávamos do que Deus estava fazendo no mundo em todas as gerações. O Messias ajustou as coisas entre nós e por isso agora estamos juntos nisso, tanto os inimigos não judeus quanto os judeus, que são de dentro.

Ele derrubou o muro que usávamos para manter-nos separados. Ele revogou o código da lei que se tornara tão cheio de pormenores e notas de rodapé que mais atrapalhava do que ajudava.

Então, ele começou de novo. Em vez de continuar com dois grupos de pessoas, separados por séculos de animosidade e desconfiança, ele criou um novo tipo de ser humano, um novo começo para todos.

Cristo nos uniu por meio de sua morte na cruz. A cruz nos leva a abraçar uns aos outros, e faz cessar a hostilidade. Cristo veio e pregou a paz a estrangeiros como nós, que não somos judeus, e também aos judeus, que já conheciam Deus. Ele nos tratou como iguais e nos fez iguais. Por meio dele, compartilhamos do mesmo Espírito e temos igual acesso ao Pai.

Não é maravilhoso? Hoje já não vivemos andando sem destino, como exilados. Este Reino de fé agora é a nossa casa, a nossa própria terra. Não somos mais estrangeiros nem gente de fora. Pertencemos ao Reino, com todos os direitos que o nome filhos de Deus permite.

Deus está construindo uma casa, a qual somos nós, independentemente de como chegamos aqui. Ele usou os apóstolos e os profetas como fundação.

Agora usa-nos, colocando-nos como que pedra por pedra — um santo templo construído por Deus, todos nós nele incluídos, um templo onde Deus está de fato em casa. Medite e tenha um dia abençoado!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *